PRÉMIO LITERÁRIO ALBERTINO DOS SANTOS MATIAS – MELHOR CONTO 2022

Apoios Estudantis
Às Escuras – 17 setembro 2022

Já é conhecida a decisão do júri da 3ª edição do PLASM: Prémio Literário Albertino dos Santos Matias – melhor conto 2022.

O vencedor do 1º Prémio é:

“No Largo das Flores”, de José António Cardoso Pereira.

No Largo das Flores é um conto que oferece uma história simples com gente simples dentro, através da qual se conduz o leitor ao imaginário perdido das aldeias rurais de um Portugal pretérito e já quase esquecido. Uma aldeia à sombra de um convento veste-se de miséria, trabalho duro, separação, doença e sofrimento. É neste contexto que se burilam teias ardilosamente construídas por um narrador que, próximo do leitor, o guia na descoberta de vidas, pensamentos e segredos. Num espaço feito de mundos fechados, o das freiras e o dos aldeões, acontece uma comunicação improvável assente na linguagem dos afetos, dos odores e dos sabores. E das vidas duras, injustas e não ambicionadas, retira-se a seiva que dá sentido às existências, até as mais simples, e que deixa a nu a tessitura do ser humano”.

Carla Marques

Para além do vencedor, o Júri decidiu atribuir duas Menções Honrosas:

“Eva e Adão na Soleira da Serpente”, de Ana Maria da Silva

“Vinho da Casa” de Miguel Monteiro Rico

 O Júri considerou ainda que os contos “Homo” de João Oliveira; “Eufémia”, de Luísa Paolinelli e “O Homem do Bigode”, de Maria Saraiva de Menezes também reuniam qualidade literária para serem incluídos na edição em livro.

Como resultado desta 3ª edição, será editado um livro com os seguintes contos:

“No Largo das Flores”, de José António Cardoso Pereira.

“Eva e Adão na Soleira da Serpente”, de Ana Maria da Silva

“Vinho da Casa” de Miguel Monteiro Rico

“Homo” de João Oliveira

“Eufémia”, de Luísa Paolinelli

“O Homem do Bigode”, de Maria Saraiva de Menezes

Parabéns a todos os participantes e continuação de boas leituras.

Lapa do Lobo, 21 de setembro de 2022