Outros Eventos

 

 

LAPA SAUDÁVEL | Danças de Salão
04 JANEIRO a 26 JULHO
A Fundação Lapa do Lobo continua em 2017 com o projeto “Lapa Saudável”, que visa proporcionar à população as condições necessárias para adquirir e manter hábitos de vida saudáveis, através de atividades ligadas à prática de exercício físico, nomeadamente as Danças de Salão.
COORDENAÇÃO Rui Fonte
PROF. RESPONSÁVEL Luís Leitão
PÚBLICO‐ALVO Maiores de 18 anos
HORÁRIOS 4a feiras 18h30 às 20h30
LOCAL Edifício do Jardim de Infância da Lapa do Lobo

 

ESPETÁCULO MUSICAL | “Clarinete Concorda”
25 FEVEREIRO
MÚSICOS Ana Maria Mikus, violoncelo | Daniel Silva, viola d’Arco | Rui Antunes, violino | Tomás Soares, violino | IgorVarela,clarinete
HORÁRIO 21h30
LOCAL Auditório Maria José Cunha, FLL
NOTAS BIOGRÁFICAS
ANA MARIA MIKUS nasceu em 1997 em Miragaia. Iniciou os seus estudos musicais aos 6 anos no Seio familiar. Aos 12 anos ingressou na ARTAVE- Escola Pro ssional Artística do Vale do Ave, na classe da professora Katerina Mikusova. Frequentou masterclasses com os professores Stefan Popov, Stefan Fork e Márcio Carneio. Desde cedo foi premiada em vários concursos nacionais e internacionais, como o 3o prémio no concurso MARÍLIA ROCHA, o 3o prémio no concurso HERANOVY VIOLONCELLOVÉ SOUTEZE (República Checa), o 1o prémio no concurso SANTA CECÍLIA, o 2o prémio no concurso PAÇOS PRÉMIUM, o 1o prémio no concurso ANATÓNIO FALÉ, entre outros. Foi admitida a Jovem Orquestra Portuguesa em 2014. Em 2015 conclui o curso pro ssional na ARTAVE com 20 valores. Atualmente estuda com Paulo Gaio Lima na Academia Nacional Superior de Orquestra, em Lisboa.

DANIEL SILVA nasceu em 1998 em Vila Nova de Famalicão. Começou os seus estudos musicais aos 9 anos de idade no CCM (Centro Cultural de Música) em Famalicão, na classe do professor Duarte Faria em violino. Em 2010 ingressa na ARTAVE na classe de viola d’arco da professora Teresa Correia.
Trabalhou com grandes maestros como Andry Stepansky, Jaroslav Mikus, Luís Carvalhoso, Howard Williams, Emélio de Cesar, Ernest Schelle, José Eduardo Gomes e Peter Askim integrando orquestras como Orquestra da ARTAVE, Artavinhos, APROARTE, Costa Cabral, Castelo de Paiva e Orquestra Philarmónica de Lisboa. Trabalhou em masterclasses com os professores Luis Muñiz, Rychard Wóicick, Pedro Munoz, Ivo-Jan Van der Wer ́s, Ori Kam e Francien Schatborn. Em 2015 venceu o 3o Prémio no Concurso Internacional de Paços de Brandão. Atualmente estuda em Lisboa, na Academia Nacional Superior de Orquestra com o professor Paul Wakabavashi.

RUI C. ANTUNES nasceu em 1995 em Torres Novas onde, aos sete anos, ingressou no Conservatório de Música do Choral Phydellius (Torres Novas). Em 2013 ingressa na Academia Nacional Superior de Orquestra (ANSO) da Metropolitana, onde actualmente estuda com o professor Aníbal Lima, frequentando o terceiro ano de licencia- tura. Participou em Masterclass com Benjamin Schmid, Jack Liebeck, Aníbal Lima, Roberto Valdés, entre outros. Paralelamente ao primeiro ano de licenciatura, estudou também na Escola de Música do Conservatório Nacional, frequentando o curso de canto na classe da professora Filomena Amaro. A nível da prática orquestral foi membro fundador da OCPzero (actualmente JOP) na qual permaneceu durante dois anos. Actualmente, além da participação regular na Orquestra Académica Metropolitana (integrante na licenciatura de Instrumentista de Orquestra da ANSO), reforça regularmente a Orquestra Metropolitana de Lisboa, tendo contado também com a participação em orquestras como a Orquestra de Câmara de Almada, trabalhando com maestros como Jean-Marc Bur n, Michael Zilm, Emilio Pomàrico, Scott Sandmeier, Pedro Carneiro, Pedro Amaral, entre outros. Teve em 2016 a sua estreia enquanto compositor, num concerto monográ co com peças exclusivamente de sua autoria.

TOMÁS SOARES começou a estudar violino aos 7 anos de idade. Estudou no Conservatório de Música da Metro- politana de Lisboa com Inês Saraiva e, atualmente, na Academia Nacional Superior de Orquestra com Aníbal Lima. Fez masterclasses com os professores Gerardo Ribeiro, Gwendolyn Masin, Jack Liebeck e Benjamin Schmid. Trabalhou com os maestros Pedro Amral, Michael Zilm, Emilio Pomarico, Pedro Carneiro, Scott Sandmeier, e com os solistas Otto Pereira, Duncan Fox, Paulo Gaio Lima, Natalia Tchitch, Jill Lawson e Pavel Gomziakov. Apresentou-se em Itália, Noruega, Republica Checa, Áustria, Escócia, Espanha, Portugal e Brasil. Em Portugal tocou nas mais importantes salas do país como a Casa da Música, Centro Cultural de Belém, Teatro Nacional de São Carlos, Teatro Municipal São Luís e no Teatro Micaelense, nos Açores.
É reforço regular da Orquestra Metropolitana de Lisboa e da Orquestra de Câmara Portuguesa.

IGOR FERREIRA VARELA nasceu em Coimbra em 1997. Depois de estudar em Santa Comba Dão, com Sérgio Neves e David Machado, continuou a sua formação na Escola Pro ssional de Música de Espinho, com Luís Carvalho e Victor Pereira, e em Lisboa, onde estuda atualmente com Nuno Silva, na Academia Nacional Superior de Orquestra. Paralelamente, aperfeiçoou-se com Florent Hèau, Olivier Patey, Vicente Alberola, Alain Damiens, Justo Sanz e Nuno Pinto. Apresentou-se com a Orquestra Metropolitana de Lisboa, Filarmonia das Beiras, Clássica de Espinho, Remix Ensemble, Académica Metropolitana, Sinfónica Juvenil, Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras e Orquestra de Sopros da Universidade de Aveiro, trabalhando com os maestros Pedro Neves, Peter Rundle, Jean Marc Bur n, Pedro Amaral, Nikolay Lalov, Cristopher Bochmann, Massimo Spadano. Tocou em estreia absoluta obras de Nuno Figueiredo, Vasco García, Nuno Peixoto de Pinho, Eduardo Serra, Paulo Perfeito e Luís Lopo. É, desde 2016, clarinetista da Orquestra Sinfónica Juvenil e um dos principais convidados da Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras/Orquestra Sinfónica de Cascais, após concurso público.