Apresentação do Livro: “Um Homem de Palavra” de Jorge Branquinho

No passado dia 19 de maio, o Auditório Maria José Cunha, na Fundação Lapa do Lobo, foi o local da apresentação de mais um livro da autoria de Jorge Branquinho – natural de Nelas, professor de Filosofia e Psicologia, atualmente aposentado. Depois de “O ser da linguagem”, um livro de poesia editado em 2000, pela Câmara Municipal de Nelas, e do romance “aurelianos”, em 2015, com a chancela da Chiado Editora, o autor apresentou a sua terceira obra, também um romance, intitulado “Um homem de palavra”. Com a plateia recheada de familiares e amigos do próprio autor, mas também da arte da escrita e da leitura, a noite teve como anfitrião o Coordenador das atividades da Biblioteca da FLL, Rui Fonte, que se fez acompanhar na mesa por, para além do autor, o Dr. Borges da Silva, Presidente da Câmara Municipal de Nelas, e Lurdes Branquinho. Depois de um breve cumprimento e uma curta apresentação, Rui Fonte passou a palavra ao Dr. Borges da Silva, que teceu alguns comentários sobre a vida e obra do autor, de quem é amigo pessoal. Lurdes Branquinho, a par com Rui Fonte, responsabilizaram-se pela leitura de um texto escrito por Purificação Garcia, ausente por motivos pessoais, mas que não quis deixar de apresentar a sua análise à obra de Jorge Branquinho. De seguida, o autor teceu alguns agradecimentos e falou acerca de “Um homem de palavra” e sobre a aventura de editar um livro em edição de autor, depois de, nos livros anteriores, ter experimentado outras formas e apoios editoriais. Chegou o momento musical, da responsabilidade dos jovens Filomena e João, que interpretaram de forma exímia um Minuet de Bach. Seguiu-se a habitual sessão de autógrafos e um Dão de Honra, no pátio da Fundação Lapa do Lobo, que permitiu um afável convívio entre o escritor e todos os presentes, terminando, desse modo, mais um serão bastante agradável na Fundação Lapa do Lobo.