Tradicionalidades do Canto, da Dança e da Música

Workshop – Ervas Aromáticas com construção herbário
A Literatura e as Crianças – Lya/Lia – Viagens de Ida e Volta
Workshop – Ervas Aromáticas com construção herbário
A Literatura e as Crianças – Lya/Lia – Viagens de Ida e Volta

O Ciclo Tradicionalidades do Canto, da Dança e da Música que foi iniciado em 2012 pela Fundação Lapa do Lobo e que contou desde a primeira hora com a participação e colaboração do Eng.º Pedro Fonseca, que é grande conhecer e entusiasta da música tradicional, contribuindo para tal a sua paixão por toda esta temática e o gosto pela música, tendo no seu curriculo participação em vários espetáculos ligados à música tradicional, sendo também ele músico com passagem pelo Gefac nos tempos da Faculdade em Coimbra, ninguém melhor do que o próprio para abraçar esta causa de divulgar a muitas vezes esquecida música tradicional. Este ciclo como já referido iniciado em 2012, tendo na altura terminado com a apresentação do documentário “Trabalho de Festa”, foi agora decisão da Fundação Lapa do Lobo retomar o mesmo neste ano de 2015.
Assim, o espetáculo de dia 31 de janeiro com o Grupo: “Segue-me à Capela” foi o segundo momento deste retomar, sendo que o primeiro momento foi a Exposição “Sentidos da terra” – Rituais com máscaras em Portugal, que ainda se encontra em exposição até dia 3 de março na Galeria da Fundação.
Foi com o Auditório Maria José Cunha, completamente cheio, com muitas caras já conhecidas, a quem esta temática diz muito, que se iniciou o espetáculo: “Ervas, mezinhas cantigas e benzeduras, espanta-se o mal e arranja-se a cura” , durante cerca de hora e meia as “Segue-me à Capela” que estiveram pela segunda vez na Fundação, acompanhadas pelo músico João Balão (percussão), cantaram temas ligados às tradições, ritos e rituais ancestrais.
As crenças, as ervas as benzeduras foram uma constante dos temas. No decorrer do espetáculo, houve ainda tempo para ouvir a Lia Alvadia, falar uma vez mais da temática das ervas aromáticas e das crenças e rituais pagãos ligadas às mesmas.
Por diversas vezes ouvimos o público acompanhar as canções, sendo algumas delas conhecidas das pessoas de mais idade, muitas delas cantadas pelas mães e avós, pois estas cantigas são na sua maioria cantadas por mulheres.
No final Pedro Fonseca, acompanhou com a sua concertina a música de encerramento, que foi cantada por todo o público pois a letra da mesma constava da folha de sala que no inicio foi distribuida.

10629614_792763044130586_3699300800209833870_n