Divulgação do Conto Vencedor – Prémio Albertino dos Santos Matias: Melhor Conto 2020

Candidaturas aos Apoios Estudantis da Fundação

“Igualdo” é o vencedor

da 2ª edição do Prémio Literário Albertino dos Santos Matias: melhor conto 2020

Da autoria de João Pedro Oliveira, o conto “Igualdo” recorre ao arquétipo do «homem duplicado» para criar uma narrativa filosófica, simultaneamente sombria e bem-humorada, que analisa questões relacionadas com a identidade pessoal, explorando a dimensão pragmática e psicológica do desdobramento da identidade, levando-a aos seus limites. 

Um conto que questiona também a finalidade da existência humana e as consequências da solidão, através de uma trama narrativa onde realidade e fantástico se entrecruzam de forma natural e, por vezes, surpreendente. A cada passo surgem situações inesperadas e absurdas, despertando a curiosidade do leitor e levando-o a pensar o que faria se estivesse no lugar do(s) protagonista(s). Sem pretensiosismo e com originalidade, o conto lê-se com grande prazer. No final, o desfecho revela-se tão surpreendente quanto inevitável.

O Júri decidiu também atribuir Menções Honrosas a:

“Chá de Tília”, de Paula Cristina Direito Rabaça

“O Saguão”, de Filipe João Carvalho dos Santos

“A última dívida”, de João Albano Fernandes

“Simplesmente”, de José Filipe Ferreira Soares de Melo