Congresso “De Gibraltar aos Pirenéus – megalitismo, vida e morte na fachada atlântica peninsular.

O povo que conta
Um capítulo sobre futebol com Rui Miguel Tovar
O povo que conta
Um capítulo sobre futebol com Rui Miguel Tovar

A Fundação Lapa do Lobo e os concelhos de Nelas e do Carregal do Sal abriram as suas portas para receber o Congresso “De Gibraltar aos Pirenéus – Megalitismo, Vida e Morte na Fachada Atlântica Peninsular.

Nos dias 2, 3 e 4 de novembro cerca de 70 congressistas, arqueólogos portugueses e espanhóis, apresentaram na Fundação Lapa do Lobo, os resultados das suas investigações mais recentes sobre o Megalitismo na fachada atlântica da Península Ibérica, trocaram e debateram ideias e lançaram novas pistas e novos desafios para o trabalho futuro.

Tiveram ainda oportunidade de visitar alguns exemplos do vasto património arqueológico dos concelhos de Carregal do Sal e de Nelas, onde abundam importantes exemplos deste tipo de monumentos, onde as arquiteturas, os rituais e as paisagens se cruzam com o tempo dos vivos e dos mortos, lançando interrogações sobre a vida, a organização e o pensamento das sociedades pré-históricas que por esta região foram passando e os deixaram como legado. Tudo isto num longínquo período variável de vários milénios a.C.

Fotos: DR